Wycliffe e Huss são os principais proto-reformistas, que, por sinal, são muito amados pelos espíritas (por que será?). Foram eles que, de certa forma, influenciaram Lutero na sua teoria de “auto-afirmação” e independência.

  • O padre revoltadinho inglês John Wycliffe defendia o oba-oba, a tradução da bíblia para o vernáculo. “Ué, mas qual o problema de traduzir a Bíblia para a língua de cada país?” A Catequista explica:

    http://ocatequista.com.br/blog/item/14206




“Se este teu princípio for admitido a Cristandade se converterá num amontoado de seitas.
Erasmo De Roterdam a Lutero”

Hoje é Quinta-Feira, 14 de Novembro de 2019