Graça e Justificação

  • O homem, movido pela graça de Deus, que recebe o Batismo, obtém a justificação, e lhe são infundidas na alma a fé a esperança e a caridade.

    A justificação é a obra mais excelente do amor de Deus, manifestado em Jesus Cristo e concedido pelo Espírito Santo.

    A graça é uma participação da vida de Deus e nos introduz na vida trinitária. Ao nos tornarmos "filhos adotivos" podemos chamar a Deus verdadeiramente de "Pai" e estamos chamados a ser perfeitos com o é o Pai Celestial, ou seja, estamos chamados à santidade pessoal, seja qual for o estado ou regime de vida.

    Leia mais em http://www.acidigital.com/catecismo/graejusti.htm

“Tanto as Sagradas Escrituras como a Tradição e o Magistério atestam para nossa certeza de fé que em torno de Pedro, o Senhor nos congregou a sermos membros de seu Corpo Místico que é a Igreja. Podendo assim exclamarmos com convicção:
Esta é a única Igreja de Cristo que, no Símbolo, confessamos una, santa, católica e apostólica¨ (São Cipriano)”

Hoje é Quinta-Feira, 15 de Novembro de 2018